sábado, 13 de janeiro de 2018

O poder dos Conteúdos para fazer face ao Facebook em 2018



Segundo o responsável pelo News Feed do Facebook, Adam Mosseri, as mudanças que acontecerão são as seguintes:

  • As páginas de empresas perderão seu alcance;
  • O tráfego por referência de páginas de empresas irá cair;
  • O tempo de visualização de vídeos postados em páginas comerciais diminuirá;

O impacto das diminuições estará directamente relacionado ao tipo de conteúdo que cada página promove e o tipo deinteracção que esse conteúdo gera.

Isso significa, que as páginas que criam conteúdo com os quais as seu público interage pouco ou raramente serão as mais afectadas nesse novo modelo de distribuição.

A ideia é que somente posts que geram interacções entre amigos e familiares sejam menos afectados, pois esse tipo de post acaba se alinhando um pouco mais ao propósito da rede social.

Se você estava a contar com as publicações na rede social mais popular do mundo como parte essencial da sua estratégia de divulgação dos seus produtos ou serviços, saiba que o vento mudou e talvez este seja o momento ideal de reajustar as velas.

Como marcas poderão se reajustar a essa mudança brusca
Já há algum tempo que se comenta no mundo digital sobre a importância de ser independente de redes sociais como marca ou empresa.

Tornar-se independente quer dizer que você não precisará mudar completamente sua estratégia sempre que uma decisão seja tomada no silicon valley.

Para isso, é necessário que você apresente-se ao seu público adequadamente em mais de uma rede social e que você considere as redes sociais apenas canais de interacção, ao invés de fazer toda estratégia de marketing digital depender deles.


Para começar a reajustar suas velas o quanto antes, considere os seguintes factores:

  1. As redes sociais são um terreno alugado:
Adianta construir um edifício inteiro em um terreno que não é seu? Provavelmente não. Por isso, é importante usar esse terreno que, apesar de alugado está em boa localização, para atrair as pessoas para o seu próprio terreno: seu site!

  1. A importância da autenticidade:
Marcas irão precisar de ser mais autênticas do que nunca, precisarão adicionar um valor real ao seu público e produzir conteúdo com originalidade.

  1. Redes sociais são para socializar mas têm poder, use-o:
Use-as para realmente se comunicar com seu público e interagir com ele, mostrar conteúdo relevante para ele e  acima de tudo gere leads e crie lista de leads, essas sim são suas, não alugadas.

  1. Use o Blog:
Use o marketing digital em geral para interagir com o seu público alvo nas redes sociais para construir alicerces concretos, com base em conteúdos reais que o seu público procura, este terreno é seu, como o blog externo ou o blog dentro do seu site.

  1. Mantenha seu blog actualizado:
Cada vez mais o blog será o primeiro ponto de contacto do seu cliente com a sua empresa, aqui começa uma relacionamento no meio digital, o conteúdo deverá superar o cliente, deste modo a primeira impressão a passar para o futuro cliente deverá ser forte.
Conclusão
Teremos mais qualidade e menos volume no Facebook.

Adequar a sua estratégia para os novos ventos e  oferecer o que seu público realmente procura quando está por lá: histórias autênticas e interacção com pessoas, é uma mais valia para o relacionamento e nutrição com o público

Produza conteúdo relevante para o seu blog voltado a esse público de acordo os interesses e desejos deles.


Por fim, construa no único terreno que é seu de verdade: o seu site, o seu blog a sua lista de contactos.

O seu próprio site sempre será seu principal canal de divulgação de seus produtos e serviços.




Sem comentários:

Enviar um comentário